qua, 31/08/2016 às 15:50 | Actualizado em:

Angola e Namíbia assinam Protocolo no domínio das Pescas

por: Afonso Mizalaque
Angola e Namíbia assinam Protocolo no domínio das Pescas

Quatro protocolos no domínio das pescas foram assinados entre o Ministério das Pescas de Angola com o Ministério Pescas e dos Recursos Marinhos da República da Namíbia, no âmbito de um memorando de entendimento assinado pelos dois países em 2014. Tratam-se dos acordos sobre cooperação económica, investigação pesqueira, fiscalização de pesca, gestão de pesca e aquicultura. Para além dos protocolos, foram também aprovados os planos de acção para a implementação da cooperação nos respectivos domínios.

A Ministra das Pescas, Victória de Barros Neto, referiu que os presentes protocolos permitirão aos titulares do sector o seguimento das acções preconizadas e o seu controlo. Aministra ainda apontou a área de formação de quadros e de gestão de pescas, adiantando também que Angola e Namíbia partilham o mesmo ecossistema (corrente fria de Benguela) e têm recursos partilhados que devem ser investigados e geridos por ambos países. Segundo a governante, podem também ser tirados benefícios mútuos na implementação do amplo projecto de aquicultura que os dois países estão a implementar, adiantando que existem também tecnologias que podem ser adequadas, tanto num como no outro país.

Podemos também tirar proveito dos meios técnicos que os dois países têm na área de investigação pesqueira e na de fiscalização. A cooperação empresarial, de acordo com a governante, é importante que os dois países partilhem negócios, criem parcerias tecnicamente e financeiramente mais capazes, não só, anível dos dois países, mas também atrair parceiros de outros países para que haja benefícios aos países. O Ministro namibiano, Bernhard Esau, referiu que cada protocolo possui um plano de acção, por isso, é o momento dos mesmos serem executados.