ter, 14/03/2017 às 16:59 | Actualizado em:

Produção Pesqueira acima das previsões

por: Afonso Mizalaque
Produção Pesqueira acima das previsões

A produção pesqueira no país ultrapassou as expectativas, ao registar uma captura total de 470 mil toneladas, o que suplanta em seis por cento a meta inicialmente prevista. A Ministra Victória de Barros Neto, que procedia ao balanço da actividade realizada pelo sector no decurso deste ano, disse que a produção do sal iodizado alcançou a cifra de 83 mil toneladas, o que representa um crescimento em relação aos anos anteriores. A produção da farinha e o óleo de peixe teve também um resultado animador, com o investimento realizado nas províncias do Namibe e de Benguela.

O programa da tilápia (cacusso), referiu a Ministra que, ainda enfrenta dificuldades no fornecimento da ração alimentar, o que coloca mais distante a desejada produção de 500 toneladas preconizada no início do ano. A Ministra destacou o empenho do Executivo angolano que, na medida do possível, disponibilizou as divisas para a importação de bens e serviços que as empresas necessitavam para manter a produção e os empregos. Para o próximo ano, a Ministra anunciou a reformulação e adequação dos contratos de fretamento à nível da Pesca Industrial, com vista a edificar em terra infra-estruturas que promovam o emprego e a repartição equilibrada dos benefícios resultante dessa actividade.

Victória de Barros Neto garantiu que, neste ano 2017, o Executivo vai continuar a prestar particular atenção à materialização dos programas específicos, com vista a aumentar a produção, reduzir as perdas pós-captura, aproveitar integralmente o pescado e apoiar mais a pesca artesanal, marítima e continental. Entre as metas para 2017 está a manutenção do apoio para o aumento da produção do sal iodizado.